Fechar [X]


Tempo / Análise da Situação Atual

Análise da Situação Atual

DescriçãoZona de Convergência Intertropical (ZCIT) sobre o Atlântico com atividade moderada, oscilando entre 7°N/12°N em relação a linha do Equador. Áreas de instabilidade atuando sobre as Guianas, norte, centro e sudeste da Venezuela, norte ,oeste e sul da Colômbia, norte e centro do Peru. e no Brasil sobre norte , oeste do Amazonas, e nordeste do Roraima. Frente fria no leste da Argentina, prosseguindo pelo Atlântico, ocluindo na baixa Pressão de 981, hPa, em 50S/61W. Massa de ar seco continua atuando sobre as Regioes: Sudeste, Centro-0este e interior da região Nordeste, provocando baixos indices de umidade relativa do ar e temperaturas elevadas. Frente fria no leste de São Paulo,, prosseguindo pelo Atlântico com centro de 988 hpa, em 47S/36W. Alta Subtropical do Atlântico Sul (ASAS), com centro de 1026 hPa em torno de 26°S/21°W. Alta Subtropical do Pacífico Sul (ASPS) com centro de 1036 hPa em 40ºS/93ºW.
Data Análise19/09/2019
Hora00
MeteorologistaManoel Rangel de Farias Neto
CartaClique Aqui

DescriçãoZona de Convergência Intertropical (ZCIT) sobre o Atlântico com atividade moderada a forte, oscilando entre 5°N/11°N em relação a linha do Equador. Áreas de instabilidade sobre a Venezuela, Colômbia, Equador, norte do Peru, sul do Chile, sul e nordeste da Argentina e no Brasil sobre pontos isolados do Amazonas, nordeste de Mato Grosso, norte de Roraima e de Rondônia, sul de Mato Grosso do Sul e na Região Sul do Brasil. Massa de ar quente e seco atuando sobre a área central do Brasil dificultando a formação de nebulosidade e favorecendo os baixos índices de umidade relativa do ar e temperaturas elevadas. Baixa pressão marítima de 1008 hPa em 26°S/44°W. Frente fria entre o oeste e sul de Mato Grosso do Sul, oeste e sul do Paraná, nordeste de Santa Catarina e seguindo pelo Oceano Atlântico. Na retaguarda deste sistema, observa-se a presença de outra frente fria, em torno de 35°S/52°W que prolonga-se pelo Atlântico até a baixa pressão de 992 hPa em torno de 42°S/45°W. Frente fria com atividade moderada a forte desde o Oceano Pacífico até o sul da Argentina. Alta Subtropical do Atlântico Sul (ASAS), com centro de 1030 hPa a leste de 15°W. Alta Subtropical do Pacífico Sul (ASPS) com centro de 1040 hPa posicionado a oeste e 95ºW.
Data Análise18/09/2019
Hora12
MeteorologistaNaiane Araujo
CartaClique Aqui

DescriçãoZona de Convergência Intertropical (ZCIT) sobre o Atlântico com atividade moderada a forte, oscilando entre 5°N/15°N em relação a linha do Equador. Áreas de Instabilidade sobre o oeste do Suriname, Guiana, Venezuela, Colômbia, Equador, norte e nordeste do Peru, sul da Argentina e no Brasil, sobre o Amazonas, Roraima, Acre, Pará (exceto leste), sul e sudoeste do Amapá, Rondônia, noroeste de Mato Grosso, Santa Catarina, centro-norte do Rio Grande do Sul e sul do Paraná. Frente estacionária se estendendo sobre norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, prosseguindo com ramo frio pelo Atlântico e ocluindo em centro de baixa pressão de 964 hPa em torno de 52°S/37°W. Massa de ar quente e seco continua atuando sobre a região central do Brasil dificultando a formação de nebulosidade e favorecendo os baixos índices de umidade relativa do ar e as temperaturas elevadas. Alta Subtropical do Atlântico Sul (ASAS), com centro de 1027 hPa posicionado em torno de 40°S/20°W. Frente fria sobre o Pacífico na costa oeste do Chile, ocluindo em centro de baixa pressão de 984 hPa em torno de 58°S/79°W. Alta Subtropical do Pacífico Sul (ASPS) com centro de 1040 hPa posicionado a oeste e 93ºW.
Data Análise18/09/2019
Hora00
MeteorologistaHeráclio Alves de Araújo
CartaClique Aqui