Fechar [X]


Tempo / Análise da Situação Atual

Análise da Situação Atual

DescriçãoZona de convergência intertropical sobre o Atlântico com atividade fraca/moderada oscilando entre 08°N/11°N em relação linha do Equador. Áreas de instabilidade sobre o extremo leste da Guiana, parte leste e oeste da Venezuela, Colômbia, sul do Equador, Peru, Bolívia, centro e sul do Chile, entro e sul da Argentina, Uruguai, Paraguai e no Brasil sobre grande parte do Pará, Amazonas, Acre, Rondônia, extremo oeste de Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, leste e oeste de Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, norte e leste do Rio Grande do Sul. Frente estacionária sobre o Oceano Atlântico em torno de 20°S/23°W. Alta pressão pós-frontal de 1030 hPa centrada em 37°S/28°W, já adquirindo características da Alta Subtropical do Atlântico Sul (ASAS). Frente fria com atividade fraca a moderada a leste da costa do Rio Grande do Sul, em torno de 34°S/50°W, seguindo e ocluindo em baixa pressão de 1004 hPa em 42°S/50°W. Baixa pressão marítima de 1002 hPa em 50°S/53°W. Frente fria no Oceano Pacífico com atividade moderada a forte ao sul de 37°S e oeste de 80°W. Alta Subtropical do Pacífico Sul (ASPS) com centro de 1023 hPa em 29°S/85°W.
Data Análise14/11/2019
Hora12
MeteorologistaAndrea Malheiros Ramos
CartaClique Aqui

DescriçãoZona de convergência intertropical sobre o Atlântico com atividade fraca/moderada oscilando entre 04°N/09°N em relação linha do Equador. Áreas de instabilidade sobre o norte da Guiana Francesa, do Suriname e da Guiana, leste, centro-sul e noroeste da Venezuela, Colômbia, Peru, Bolívia, Argentina, leste do Uruguai, Paraguai e no Brasil sobre grande parte da Região Norte (exceto no norte de Roraima, Amapá, nordeste do Pará, sul e sudeste do Tocantins), em pontos isolados do Mato Grosso, oeste e sul de Goiás, Mato Grosso do Sul, Triângulo Mineiro, sul de Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, norte e leste do Rio Grande do Sul. Baixa pressão continental de 1006 hPa em 20°S/60°W. Frente estacionária sobre o Oceano Atlântico em torno de 18°S/32°W. Alta pressão pós-frontal de 1030 hPa centrada em 36°S/30°W, já adquirindo características da Alta Subtropical do Atlântico Sul (ASAS). Baixa pressão marítima de 1008 hPa em 38°S/54°W. Frente fria com atividade fraca a moderada em torno de 44°S/65°W, seguindo e ocluindo em baixa pressão de 1003 hPa em 51°S/58°W. Frente fria no Oceano Pacífico com atividade moderada ao sul de 35°S e oeste de 70°W. Alta Subtropical do Pacífico Sul (ASPS) com centro de 1023 hPa em 29°S/86°W.
Data Análise14/11/2019
Hora00
MeteorologistaNaiane Araujo
CartaClique Aqui

DescriçãoZona de convergência intertropical sobre o Atlântico com atividade fraca/moderada oscilando entre 04°N/09°N em relação linha do Equador. Áreas de instabilidade sobre o sul da Guiana Francesa e da Guiana, Venezuela, Colômbia, Peru, Bolívia, Argentina, sul do Chile, Uruguai, Paraguai e no Brasil sobre áreas das Regiões Norte, Centro-Oeste e Sul, alem do centro-oeste de Minas Gerais, noroeste de São Paulo e leste do Espírito Santo. Baixa pressão continental de 1007 hPa em 22°S/61°W, de onde se estendem cavados que passam pelo norte e nordeste da Argentina e próximo a costa do Uruguai e do Rio Grande do Sul. Frente estacionária sobre o Oceano Atlântico com atividade fraca a moderada em torno de 20. Alta pressão pós-frontal de 1028 hPa em 35°S/35°W. Cavados atual no leste da Patagônia Argentina. Frentes frias no Oceano Pacífico ao sul de 35°S. Alta Subtropical do Pacífico Sul (ASPS) com centro de 1022 hPa em 29°S/88°W. Alta Subtropical do Atlântico Sul (ASAS) está centrada a leste de 10°W.
Data Análise13/11/2019
Hora12
MeteorologistaOlivio Bahia do Sacramento Neto
CartaClique Aqui