Consultar Mapas

Modelo Brasileiro de Alta Resolução - MBAR

O modelo foi desenvolvido pela Deutscher Wetterdienst (DWD) que é o Serviço Meteorológico Alemão e foi implementado no INMET em dezembro de 1999, através de parceria técnico-científica entre as duas instituições. O modelo utiliza uma grade com espaçamento horizontal de 25 km, com 301 pontos na direção Leste-Oeste, 301 pontos de direção Norte-Sul e 30 camadas na vertical. As variáveis disponibilizadas são: chuva, vento, altura geopotencial, pressão reduzida ao nível médio do mar, geopotencial, temperatura, cobertura de nuvens e meteogramas (gráficos que mostram a evolução temporal de parâmetros meteorológicos) para diversas localidades no Brasil. O MBAR é processado duas vezes ao dia (00h UTC e 12h UTC) para um período de 48 horas de prognóstico.


Parâmetros Meteorológicos do Modelo MBAR

Precipitação

Precipitação: precipitação acumulada (mm) no período de 6 horas antes do horário de cada prognóstico, para 00, 06, 12, 18, 24, 30, 36, 42 e 48 horas após a inicialização do MBAR, que acontece às 00h UTC e 12h UTC. Por exemplo, o prognóstico de precipitação das 06 UTC, corresponde à precipitação acumulada entre 00h UTC e 06h UTC. UTC: Coordenada de Tempo Universal, com referência ao Meridiano de Greenwich (Inglaterra), equivalente ao horário de Londres, que corresponde a 3 horas a mais em relação ao horário de Brasília.


Ventos

Vento: linha de corrente e intensidade do vento (m/s) para os níveis de pressão de 1000 hPa, 850 hPa, 500 hPa e 200 hPa. Os prognósticos são válidos para 00, 06, 12, 18, 24, 30, 36, 42 e 48 horas após a inicialização do MBAR, que acontece às 00h UTC e 12h UTC.

UTC: Coordenada de Tempo Universal, com referência ao Meridiano de Greenwich (Inglaterra), equivalente ao horário de Londres, que corresponde a 3 horas a mais em relação ao horário de Brasília.


Altura Geopotencial

Altura Geopotencial: altura geopotencial (m) para os níveis de pressão de 850 hPa, 500 hPa e 200 hPa. Por definição geopotencial em qualquer ponto da atmosfera é o trabalho realizado para elevar uma massa de ar de 1 kg do nível médio do mar (NMM) até aquele ponto, isto é, potencial gravitacional por unidade de massa. Em meteorologia costuma-se utilizar outra quantidade derivada desta, chamada altura geopotencial, medida em metro geopotencial (mgp), aonde divide-se o geopotencial pela valor médio da aceleração da gravidade no nível médio do mar (9,80665 m/s2). Com esta nova variável pode-se determinar a altura dos níveis de pressão atmosférica num dado local, tendo como referência o nível médio do mar e não a elevação do local. Os prognósticos são válidos para 00, 06, 12 , 18, 24, 30, 36, 42 e 48 horas após a inicialização do MBAR, que acontece às 00h UTC e 12h UTC.


Pressão reduzida ao nível médio do mar

Pressão reduzida ao nível médio do mar: pressão reduzida ao nível médio do mar (hPa) . Em regiões montanhosas, a diferença entre as pressões barométricas das estações, medidas à superfície, surge principalmente devido às diferenças em elevação. De modo a isolar a parte do campo de pressão que é devido à passagem dos sistemas de tempo (exemplo: frentes frias sobre dado local), é necessário reduzir a pressão a um nível comum de referência, cuja a pressão, padronizada pela Organização Meteorológica Mundial, é de 1013.25 hPa. Os prognósticos são válidos para 00, 06, 12, 18, 24, 30, 36, 42 e 48 horas após a inicialização do MBAR, que acontece às 00h UTC e 12h UTC.
UTC: Coordenada de Tempo Universal, com referência ao Meridiano de Greenwich (Inglaterra), equivalente ao horário de Londres, que corresponde a 3 horas a mais em relação ao horário de Brasília.


Cobertura de Nuvens

Cobertura de Nuvens: prognóstico de cobertura nuvens (porcentagem), válidos para 06, 12, 18, 24, 30, 36, 42 e 48 horas após a inicialização do MBAR, que acontece às 00h UTC e 12h UTC. Nuvens baixas refere-se a cobertura de nuvens que são prognosticadas dentro da camada que estende-se desde 200 metros da superfície até 1200 metros. Nuvens altas refere-se a cobertura de nuvens na camada que estende-se de 7000 m até o topo do modelo. Nuvens total é a superposição dos dois campos anteriores.

UTC: Coordenada de Tempo Universal, com referência ao Meridiano de Greenwich (Inglaterra), equivalente ao horário de Londres, que corresponde a 3 horas a mais em relação ao horário de Brasília.


Temperatura

Temperatura: temperatura do ar (C) ao nível de 2m de altura acima do solo (nível do abrigo meteorológico). Os prognósticos são válidos para 00, 06, 12, 18, 24, 30, 36, 42 e 48 horas após a inicialização do MBAR, que acontece às 00h UTC e 12h UTC.
UTC: Coordenada de Tempo Universal, com referência ao Meridiano de Greenwich (Inglaterra), equivalente ao horário de Londres, que corresponde a 3 horas a mais em relação ao horário de Brasília.